Bósnia e Herzegovina

Todas em Bósnia e Herzegovina

‹ Anterior

de 1

Próxima ›
  1. Biban

    As vistas para todo o vale de Sarajevo superam as do mais conhecido Park Prinčeva, mas a comida é mais barata (e simples) e inclui pratos típicos de carnes, truta e lula. As poções de uštipci (bolas de massa fritas servidas com coalhada) de 10KM servem dois. Fica 600m morro acima do Park Prinčeva (entre à esquerda no no 15 da rua Nalina)

  2. Dugi Bezistan

    Outro dos prédios erguidos por Gazi-Husrevbey no século 16, esse mercado com teto abobadado tem pouco mais de
    100m de extensão, mas pisque e você poderia estar em Istambul. Muitas das 52 lojas vendem lembranças, bolsas e óculos baratos.

  3. Hotel Kovači

    Esse hotel familiar central funde modernismo chique e discreto e design tradicional. Os quartos com paredes brancas têm decoração suavizada com fotografias de Sarajevo no século 19.

  4. Insider

    Passeios em Sarajevo e arredores, como o popular “Tunnel Tour” (€15,2 horas; 14h) e o excelente “Times of Misfortune” (€27,
    3 horas; 11h), que visita locais relacionados à guerra. Os clientes têm acesso gratuito ao “museu” da agência (3KM para não clientes), 17 painéis que explicam o conflito na Iugoslávia, da morte de Tito ao Acordo de Dayton.

  5. Rooms Club & Restaurant

    Esse trio subterrâneo de salas cavernosas inclui um restaurante que funciona até as 3h, um bar lounge cheio de sofás e um bar barulhento com música ao vivo que anima a moçada até depois da meia-noite, principalmente às quartas. A consumação é de 5KM.

  6. Vijećnica

    Com atraente fachada neomourisca, o Vijećnica, de 1892, é o mais belo prédio austro-húngaro da cidade. Antiga
    prefeitura, de onde Francisco Fernando voltava quando foi alvejado por Princip em 1914. Depois foi convertido na Biblioteca Nacional da Bósnia, deliberadamente atingida por uma bomba incendiária sérvia. Cerca de 90% do insubstituível acervo de manuscritos e livros foi destruído, e por quase duas décadas o prédio permaneceu em ruínas. A reconstrução deve ser concluída em 2014.