FlóridaDicas e artigos

Miami e as Keys: conheça 5 destaques da região

Key West ao pôr do sol

A Flórida é o estado mais cosmopolita, simpático e descolado possível. Espanhol e crioulo haitiano são tão comuns quanto o inglês. O apelido de Miami é “Magic City”, uma tentativa de ressaltar sua beleza cintilante, que se estende desde as areias atraentes e do art déco de South Beach às mansões mediterrâneas de Coral Gables; do horizonte de edifícios de Downtown ao ambiente calmo e familiar das praias em Key Biscayne. Enquanto isso, em Key West, pescadores em barcos pintados e artistas vestidos de fadas sentam-se em comitês de planejamento ao lado de médicos e policiais. Nas outras “Keys” (ilhas), as vilas ficam escondidas, ligadas por calçadões, pontes e barcos, e não por avenidas. Há um ritmo diferente nos ares desse lugar. Se quiser conhecer a região, anote aí algumas das melhores atrações e saiba o que não pode faltar no seu roteiro.

 

Casa de Hemingway

Foto por: ©Matt Munro/Lonely Planet

 

Além de reunir os pertences de um dos mestres da ficção do século 20 e talvez o pai do modernismo literário, a Hemingway Home também é um grande modelo da arquitetura colonial das Keys caribenhas. Observe os gatos de seis dedos que ficam perambulando, a escrivaninha do autor, as fotos da história de vida de Papa e a piscina que quebrou Hemingway, onde o famoso escritor deixou seu “último centavo”.

 

Key West

Foto por: ©Matt Munro/Lonely Planet

 

Essa preciosidade colonial caribenha marca o fim da estrada, no caso, a Overseas Highway, extensão à beira-mar que forma uma curva ao longo das Florida Keys. Talvez você gaste a maior parte do tempo conhecendo Old Town, onde há fileiras de casas históricas preservadas, bonitos cafés, ótimos restaurantes e bares suficientes para manter várias universidades por um ano.

Key West ainda é definida por seu lema, que nós amamos – Uma Família Humana –, um ideal que reúne uma postura tolerante, de aceitação ao outro, e uma atitude em que a vida é sempre uma festa (ou pelo menos um dia de ressaca após o outro). Tudo isso em um cenário de tons pastéis, como em uma aquarela, e o frescor da brisa ao pôr do sol em uma varanda estilo Bahamas. Bem-vindo ao fim dos Estados Unidos.

 

Dry Tortugas National Park

Foto por: ©Matt Munro/Lonely Planet

 

Ponce de León chamou-as de Las Tortugas pelas tartarugas marinhas. A falta de água doce fez com que os marinheiros acrescentassem um dry ao nome. Hoje o Dry Tortugas é um parque sob o controle do National Park Service e acessível por barco ou avião.

O parque está aberto para visitas diárias e acampamento noturno. Garden Key possui treze campings, que funcionam por ordem de chegada. Reserve antes ligando para o escritório do National Park. Há banheiros, mas não chuveiros ou água potável; leve tudo que vai precisar. As águas cintilantes oferecem oportunidades para snorkel e mergulho. Um centro de visitantes está localizado dentro do fascinante Fort Jefferson. Se tiver fome, observe os barcos de pesca cubano-americanos navegando por ali. Eles sempre vendem lagosta, caranguejo e camarão; você ganhará mais se trocar por bebidas. É só barganhar. Março e abril são ótimos meses para observar pássaros. O céu estrelado é sensacional em qualquer época do ano.

 

South Beach e Art Deco Historic District

Foto por: ©Kris Davidson/Lonely Planet

 

South Beach, o bairro mais emblemático da Grande Miami, abrange a região sul da 21st St, na cidade de Miami Beach. O centro é o Art Deco Historic District, da 18th St ao longo da Ocean Dr e da Collins Ave. É irônico que, em uma cidade baseada na especulação imobiliária, o principal motor da renovação urbana tenha sido a preservação de uma herança arquitetônica única. Todos os belos hotéis, com fachadas tropicais americanas, gritam “Miami”. Gritaram tão alto quando foram preservados que deram uma marca à cidade e um novo sopro de vida a esse bairro.

No passado, South Beach foi um gueto de andarilhos, drogados e aposentados. Depois, tornou-se uma das maiores áreas dos EUA no National Register of Historic Places e atraiu modelos, fotógrafos, hoteleiros, chefs e… bem, hoje é a Meca de passageiros de cruzeiros, fashionistas europeus, celebridades ocasionais e turistas do interior dos EUA.

 

Bahia Honda State Park

Foto por: ©Matt Munro/Lonely Planet

 

Esse parque, com sua longa praia de areia branca (e algas), chamada Sandspur Beach pelos moradores, é a grande atração nessa área. Entre as praias de Keys, essa é provavelmente a melhor faixa de areia em toda a cadeia de ilhas, mas não a colocaríamos como a melhor praia dos EUA continental. Como turista, a melhor experiência é caminhar por um trecho da velha Bahia Honda Rail Bridge, que oferece boas vistas panorâmicas das ilhas próximas.

 

 

Esta matéria faz parte do guia Descubra a Flórida, que será lançado em breve pela Lonely Planet Brasil.

Este artigo foi publicado em Novembro de 2015 e foi atualizado em Novembro de 2015.

Flórida