Dicas e artigos

O melhor para 2016: Costa Verde, Rio de Janeiro

O melhor para 2016: Costa Verde, Rio de Janeiro

Por MaSovaida Morgan

Em 2016, os Jogos Olímpicos de Verão do Rio de Janeiro podem ser a maior atração brasileira do ano, mas você encontrará paraísos menos disputados mais a oeste da famosa metrópole costeira. A Costa Verde é um trecho de litoral pouco explorado, com montes cor de esmeralda, ilhas tranquilas, cachoeiras borbulhantes e lindas praias quase desertas. Rio e São Paulo podem ser os pontos mais badalados do Brasil, mas uma viagem pela Costa Verde merece, por si só, a sua atenção.

Parte da rodovia BR-101 (a famosa Rio-Santos) percorre um corredor verdejante de Mata Atlântica e pode ser o seu último trecho asfaltado ao se aproximar da Costa Verde. Você gastará a sola das suas Havaianas fazendo tudo a pé – carros (exceto táxis) não podem circular pelas ruas de paralelepípedos de Paraty, cidade colonial listada como patrimônio da Unesco. O mesmo vale para a Vila do Abraão, a principal praia de Ilha Grande; os únicos veículos que você verá por ali são os três municipais: um carro de polícia, um caminhão de lixo e um caminhão de bombeiro.

Praia deserta e vegetação em Ilha Grande
Foto por ©Michael Heffernan/Lonely Planet 

 

A Costa Verde é um paraíso de maravilhas naturais preservadas. A Baía da Ilha Grande é salpicada por cerca de 365 ilhas sob tutela do governo, a maioria inabitada. O refúgio da Ilha Grande deve sua condição intocada à sua história como covil de piratas, colônia de leprosos e, por fim, penitenciária para presos políticos e alguns dos mais pérfidos criminosos do Brasil. O passado sombrio deteve a ação de empreiteiros por bastante tempo, o que, no fim, teve um ótimo lado – mas é melhor você ir logo, antes que todo mundo resolva ir também.

 

Experiências para toda a vida

Sonhando com a combinação de praias desertas e mata nativa? Pois saiba que a Costa Verde é ideal tanto para amantes da natureza quanto para viciados em adrenalina. Passe os dias explorando florestas, lindas praias ou escolha entre diversas aventuras: trilhas nos montes cobertos de mata fechada, caiaque por entre fiordes tropicais isolados ou mergulho com peixes multicoloridos. As águas translúcidas cor de jade oferecem um espetacular aquário para o mergulhador.

Litoral na Ilha Grande, Rio de Janeiro
Foto por ©Michael Heffernan/Lonely Planet

 

Paraty é um dos destinos finais da Estrada Real, uma rede de rotas que cobria de Minas Gerais e São Paulo às cidades portuárias do estado do Rio de Janeiro. Ouro, diamantes e outros minerais preciosos descobertos no interior do país eram transportados ao longo da Estrada Real até a costa, de onde eram exportados para Portugal durante os séculos 16, 17 e 18. Hoje, visitantes podem peregrinar pelas mesmas rotas a pé ou a cavalo.

Faça um passeio de jipe pelo Caminho do Ouro de Paraty – estrada que foi usada, no passado, para exportar ouro de Minas Gerais – e não deixe de parar para degustar vários tipos de cachaça: Paraty é conhecida pela produção de algumas das melhores cachaças do país. Entre as mais bem classificadas destilarias em rankings nacionais, está a Maria Izabel, que fica a cerca de 10 km ao norte da cidade.

Praia na Ilha Grande, Costa Verde
Foto por canadastock / Shutterstock

 

 

Sabores regionais

Você vai saborear alguns dos melhores pratos de frutos do mar na Costa Verde. Nessa região, a moqueca às vezes leva também camarão e lula. É servida com farofa crocante e vai muito bem com uma deliciosa caipirinha ou um suco de frutas, como pitanga, cajá ou cupuaçu.

Este artigo foi publicado em Outubro de 2015 e foi atualizado em Outubro de 2015.