Dicas e artigos

Bonito: conheça um dos lugares mais impressionantes do Brasil

Aquário de Bonito

Bonito é o modelo de ecoturismo do Brasil. Esse pequeno paraíso aquático no canto sudoeste do Mato Grosso do Sul possui poucas atrações próprias, mas os recursos naturais da área ao redor são espetaculares, e as autoridades locais levaram a sério a regulação e manutenção. Há cavernas com lagos e maravilhosas estalactites, belas cachoeiras e rios incrivelmente claros rodeados por mata fechada, onde os mergulhadores podem nadar olhando centenas de peixes.

Desde que Bonito explodiu no mapa do ecoturismo no começo da década de 1990, o número de visitantes cresce dramaticamente a cada ano, levando à criação do Parque Nacional da Serra da Bodoquena, de 76 quilômetros quadrados, em 2000. Apesar de algumas atrações estarem dentro dos limites do parque, a grande maioria das áreas protegidas é fechada aos visitantes.

Bonito é um espetáculo com apenas uma via – na rua Coronel Pilad Rebuá, um trecho de 3 quilômetros, você provavelmente vai encontrar tudo o que precisar durante sua estadia.

 

Um lindo mundo aquático

Foto por: IltonRogerio/ThinkStock

 

Se você comprasse um monte de peixes exóticos e jogasse na piscina do seu tio, depois pulasse lá dentro com óculos de natação, teria uma ideia do que Bonito tem para oferecer. Mas como aconteceu esse feliz acidente da natureza? As águas dos rios nascem de fontes subterrâneas para uma base de rocha calcária, quase sem terra e que solta carbonato de cálcio na água. O carbonato de cálcio calcifica todas as impurezas, que afundam para o leito do rio (por isso pedem que você flutue na superfície e não toque o fundo durante os passeios nos rios). O resultado é uma área cheia de piscinas naturais cercada por uma exuberante floresta – um lindo ambiente no qual se pode observar a infinidade de peixes fascinantes dos rios e córregos.

 

Passeios

Bonito é uma cidade muito organizada. O governo local tem regras rígidas para a visitação das atrações naturais, ou porque muitas estão em propriedades particulares ou para minimizar o impacto nas áreas inexploradas. Muitas têm um limite diário de visitantes, que devem ser acompanhados a todos os lugares por um guia autorizado e registrado no local.

Inúmeras agências de viagem em Bonito oferecem uma ampla variedade de passeios, mas na verdade é mais fácil organizar tudo pelo hotel. Normalmente o transporte só está incluso nos custos quando você marca através do hotel, e não da agência, mas às vezes depende do tamanho do grupo. É melhor perguntar antes.

Mergulho e flutuação nas águas incrivelmente claras de Bonito são as atrações principais, mas lembre-se de que é proibido usar filtro solar. Outras distrações aventurescas, como rapel, mergulho em lagos subterrâneos e o desafiador arvorismo, vão mexer com sua adrenalina. Vários dos melhores passeios levam um dia inteiro e incluem almoço.

Na alta temporada, os passeios mais procurados devem ser marcados com antecedência. Você vai precisar uns bons 3 dias para aproveitar o que Bonito tem de melhor.

 

Gruta do Lago Azul

Foto por: Global_Pics/ThinkStock

 

Uma atração em conta é a gruta do lago Azul, uma grande caverna com um lago subterrâneo luminoso e estalactites 20 quilômetros a oeste de Bonito. Geralmente é o cartão-postal de Bonito, e vale a visita, mas só é realmente espetacular no fim de dezembro e no começo de janeiro, quando o sol brilha em um ângulo perfeito.

 

Nascente Azul

Foto por: GCastellon/ThinkStock

 

O melhor segredo de Bonito é essa nova e maravilhosa atração de flutuação, 29 quilômetros da cidade. Começa com uma trilha de 1.900 metros na floresta que desemboca em uma nascente de tirar o fôlego, um portal índigo para o centro da Terra. De lá você flutua agradavelmente de volta para a base por um riacho transparente e cheio de peixes.

Este artigo foi publicado em Dezembro de 2015 e foi atualizado em Dezembro de 2015.