Dicas e artigos

Partiu Dominica: a ilha mais aventureira do Caribe

Desfrutar verdadeiramente de Dominica significa enxugar o suor da testa, ver a sua bota favorita toda suja de lama e entender por que uma brisa fresca somada a umas gotas de chuva de repente tornam uma caminhada, até então impossível, em algo suportável.

A Commonwealth of Dominica é um terreno montanhoso e exuberante que atrai aventureiros de todas as partes do mundo. O nível de dificuldade das trilhas da Nature Island varia, mas cada uma delas possui desafios e localização únicos (está explicado por que boa parte dos dominicanos tem dificuldade de escolher a sua trilha favorita).

Está pensando em visitar Dominica? Confira essas trilhas:


A Trilha do Lago Boiling está entre as mais desafiadoras da Dominica, mas, pra compensar, ela oferece algumas das mais belas vistas que você já viu © Alicia Johnson / Lonely Planet

Trilha do Lago Boiling

Quando a brisa abre a cortina de fumaça por alguns instantes, a caminhada de três horas por um caminho irregular até as montanhas íngremes, faz tudo valer a pena. Mas, para ver as águas cinza-azuladas do segundo maior lago fervente do mundo, você vai ter de suar a camisa. O nível de dificuldade da trilha se deve em partes ao furacão Maria e seus ventos de quase 250 quilômetros por hora, que destruíram partes da trilha. O furacão mudou completamente o cenário do caminho que tem aproximadamente treze quilômetros e duração de mais ou menos seis horas. Outros motivos pelos quais a trilha é considerada difícil é o terreno dominicano em si: as rochas, as subidas íngremes, a travessia do rio corrente. Essa trilha é um verdadeiro teste de nervos, resistência e força.

A Trilha do Lago Boiling começa em Titou Gorge e serpenteia o Rio Breakfast até o Vale da Desolação, que pode atingir picos de até quase um quilômetro de altura. Essa elevação toda só explica uma coisa: que a vista do alto é espetacular e fica ainda melhor, à medida que a densa floresta tropical se recupera depois de ter sido atingida pela ira do furacão Maria. Ao longo do caminho, ao percorrer o Vale da Desolação, devido à alta concentração de enxofre, é possível ver as correntes de ar quente em preto, cinza e amarelo.

A Trilha do Lago Boiling é considerada avançada, por isso, é altamente recomendável percorrê-la com um guia. Há certos trechos do percurso, especialmente depois do furacão Maria, que não estão demarcados. Entre os guias mais populares, está Peter “The Bushman” Green, que percorre a região montanhosa desde 1992. O conhecimento de Peter sobre a vida selvagem, as árvores e ervas incrementam o passeio, tornando a experiência com a natureza ainda mais prazerosa (e se o guia não for suficiente para isso, não se preocupe, a lama na cara vai te dar exatamente a mesma sensação).


A Piscina Esmeralda é um dos destinos de trilha mais populares da Dominica © Alicia Johnson / Lonely Planet

Cachoeira de esmeraldas

Um curto trajeto a pé de pouco mais de um quilômetro partindo do Morne Trois Pitons National Park leva a uma gruta no meio da floresta tropical. A estrela do show é a cachoeira de mais de doze metros que alimenta um lago verde, onde os visitantes podem se refrescar. A área é repleta de vida selvagem, por isso, tome cuidado onde pisa e onde coloca a mochila. Também é possível acessar as Cachoeiras de Esmeralda pelo segmento 5 da The Waitukubuli National Trail (WNT), mas esse trecho da trilha ainda não foi reaberto desde o furacão.

A WNT é a única trilha de longa distância no Caribe. Ela tem quase 186 quilômetros e está dividida em catorze trechos que levam você da parte sul da ilha em Scotts Head até o norte, e termina no Parque Nacional Cabrits.


Paisagens exuberantes ao longo do trecho 13 da Waitukubuli National Trail. E precisa de algo mais? © Alicia Johnson / Lonely Planet

Trilha Nacional Waitukubuli – Trecho 13 (Pennville a Capuchin)

O trecho 13 da WNT tem quase quatro quilômetros e é o lugar onde você vai encontrar de tudo um pouco, de uma floresta bastante arborizada a colinas relvadas e, claro, lama. O tempo estimado de caminhada é de quatro horas, que atravessa alguns trechos pitorescos do norte da Dominica. Você também passará por algumas fazendas (não esqueça de cumprimentar as cabras!).

Há pouca sinalização pela trilha e as placas que existem, nas cores azul e amarelo, são distantes umas das outras, então, vale a pena investir num guia para facilitar a sua caminhada. Há algumas subidas íngremes, mas até aí, nenhuma surpresa: é justamente isso que se espera dessa porção montanhosa de Dominica. No meio do caminho, há alguns pontos para parar e apreciar a vegetação de tirar o fôlego (literalmente). Como todos os trechos do WNT, o percurso pelo trecho 13 da trilha também tem duração de um dia inteiro.


Trafalgar Falls é uma trilha bonita e leve que conduz a uma cachoeira pitoresca © Tadas Jucys / 500 Pixels

Outras trilhas populares em Dominica

Trafalgar Falls: esta caminhada de aproximadamente quinze minutos vai deixar você frente a frente com as cachoeiras gêmeas de Dominica. Para chegar à “mãe” (queda direita) e “pai” (queda esquerda) é necessário navegar por uma trilha estreita e rochosa pontilhada por pedras escorregadias. Faça um mergulho no poço da cachoeira mãe.

Nota: devido ao furacão Maria, as piscinas de água quente ao longo da trilha que levavam às cachoeiras ficaram cobertas e não estão mais acessíveis.

Middleham Falls Trail: este percurso com uma paisagem impressionante leva à maior cachoeira de Dominica (a mais de sessenta pés de altura). A trilha começa com uma subida íngreme, mas a descida leva a uma floresta tropical. A caminhada de aproximadamente três horas (ida e volta) pode ficar escorregadia à medida que a trilha se aproxima da cachoeira. Traga uma roupa de banho e refresque-se na água fria.

Dominica continua em processo de restauração. Se quiser obter mais informações sobre os esforços para reconstruir e restaurar muitas das atrações naturais, confira o programa de voluntariado.

Este artigo foi publicado em Setembro de 2018 e foi atualizado em Setembro de 2018.