Dicas e artigos

Aventuras latino-americanas para toda a família

Machu Picchu, Peru

Greg Benchwick

Ter filhos não significa que você tenha que parar de viajar. Aliás, levar as crianças com você em sua próxima aventura na América Latina pode ser uma experiência enriquecedora para todos os envolvidos. É mais fácil do que você pensa, e algumas orientações são suficientes para não transformar essas férias únicas em mais um pesadelo-em-família. Então para onde você deve ir?

Embora boa parte da América Latina seja ótima para toda a família, algumas áreas devem ser evitadas por serem ou perigosas, ou remotas, ou altas demais, ou baixas demais ou quentes demais. A questão das drogas – e da violência do tráfico – na região tem sido muito comentada, e não à toa. Por ora, é melhor não levar os pimpolhos para a Colômbia, El Salvador, a Guatemala, Honduras e o norte do México. Mas, com um pouco de cuidado, a maioria das regiões é bem ok.

 

Como manter a saúde da família?

Verifique antes quais vacinas devem ser tomadas. Muitas áreas tropicais da América do Sul exigem a da febre-amarela. Lactantes não devem tomar a vacina – e é bom pensar duas vezes antes de permitir que seu bebê de menos de dois anos tome a vacina também. Consulte o seu médico antes de partir. No fim das contas, a melhor maneira de se evitar a febre-amarela é ficando em lugares mais altos e não se embrenhando nas profundezas das florestas. A melhor maneira de evitar a maioria das doenças, aliás, é evitando a picada do inseto (use mangas longas e repelente). Também é bom levar medicamentos antidiarreicos e um bom kit de primeiros socorros. Embora deliciar as papilas gustativas nos mercados locais seja divertido para adultos, a menos que você tenha filhos grandinhos, é melhor levar os pequenos a restaurantes razoáveis.

 

Como nos divertir?

Deixe as crianças guiarem você, montando o roteiro todos juntos. Misture oportunidades educativas e divertidas em partes iguais. As ruínas maias do México e as cidades incas do Peru, por exemplo, são historicamente fascinantes e, ao mesmo tempo, bastante empolgantes. Corte a sua lista de destinos ao meio e planeje alguns dias à beira da piscina. Embora a garotada seja muito adaptável (mais do que a maioria dos adultos, na verdade), tudo fica mais fácil quando a família se hospeda em hotéis medianos com piscina e espaço para praticar muitas atividades. Quartos privados em albergues também podem ser uma boa opção, dependendo do padrão com que estão acostumados em casa. Para crianças mais novas, mantenha as rotinas de casa independentemente de onde estiver.

 

Os 9 melhores destinos da América Latina com crianças

 

1. Playa del Carmen, México.É segura, fácil de acessar (com as centenas de voos para Cancún, que fica a apenas uma hora ao norte), as praias são demais, e tem mais coisa para famílias independentes fazerem do que os grandes resorts da Riviera Maia. Entre as melhores atrações, estão as excursões de um dia para as ruínas maias, como as de Tulum, próximas ao litoral, a rústica Cobá (uma maravilha para quem gosta de escalar) e, claro, ChichénItzá, onde há até um show legal de luzes. Os bebês peixinhos vão adorar as lagoas e cenotes e a viagem rápida de balsa para Cozumel. E, se você quiser um pouco de férias das crianças, pode-se inscrevê-las no clubinho do hotel e sair para uma noite na cidade, onde ficam algumas das melhores casas noturnas do México.

 

2. Granada, Nicarágua. Toda a Nicarágua convida a belas férias com a família. O país é barato, os habitantes locais são simpáticos e, acredite ou não, trata-se de um dos países mais seguros da América Latina. Granada é uma cidade colonial à beira de um lago, que combina perfeitamente o charme do velho mundo com as tendências da moda. Você pode explorar o lago de dia ou dar um pulo nas cidadezinhas de surfe próximas. Tome cuidado, apenas, com as ondas fortes do Pacífico da Nicarágua; apenas crianças maiores podem se arriscar, e na companhia de adultos.

3. Parque Nacional Manuel Antonio, Costa Rica. A Costa Rica é, sem dúvida, o destino mais preparado para receber crianças e o mais desenvolvido da América Central. No Parque Nacional Manuel Antonio, à beira-mar, você pode avistar bugios e macacos-aranhas, desfrutar das praias, fazer trilhas nas florestas tropicais e perseguir sapos. Há muitos hotéis de luxo por ali.

 

4. Tamarindo, Costa Rica. A Costa Rica é tão maravilhosa para crianças, que tivemos de incluir dois destinos. Tamarindo é uma cidade de surfistas na costa do Pacífico, com bons hotéis, excursões de um dia para as florestas, vulcões, passeios de caiaque pelo mangue e muito mais. Há voos diários para Limón, próxima dali, o que torna fácil chegar a essa parte do país. Longas viagens de um dia podem levar a família ao Parque Nacional Volcán Arenal (onde há um vulcão ativo) ou às impressionantes florestas nubladas de Monteverde.

 

5. Zona do Canal do Panamá. Muitas famílias nem pensam em ir para o Panamá, mas ali se fala muito inglês, usa-se dólar e há praias incríveis, canais e atrações culturais para explorar. Para excursões de um dia partindo da Cidade do Panamá (um destino interessante por si mesmo, com um centro colonial bem legal para explorar), vá de barco para visitar as tribos emberá, que migraram para a Zona do Canal, passeie pelos canais e desafie a família inteira a avistar a maior quantidade possível de espécies diferentes de pássaros em uma hora... Apostamos que vocês encontrarão ao menos 30.

 

6. Parque Nacional Cotopaxi, Equador. Hospede-se perto do Cotopaxi, no qual excursões de um dia levam você a remotas tribos indígenas à beira da caldeira Quilatoa e mais adentro nesse lindo parque nacional que protege um dos vulcões mais altos do mundo. Há muita diversão esperando a família nos hotéis em estilo hacienda, que datam de centenas de anos, como passeios a cavalo, atividades na piscina e interação com lhamas. Tome cuidado com os males decorrentes da altitude.


7. Machu Picchu, Peru. Não tínhamos como não incluir. A melhor atração arqueológica da América do Sul é melhor para crianças maiores, que vão mergulhar em sua história. É bom lembrar, também, que as coisas por ali não são tão fáceis, devido à altitude. Alguns dias em Cuzco e mais um passeio no Lago Titiaca já valerão a viagem.

 

8. Parque Nacional Torres del Paine, Chile. Exploradores da natureza da sua tribo vão adorar as trilhas aqui. O Chile é um dos países mais economicamente desenvolvidos da América do Sul, com boa infraestrutura, o que torna tudo mais simples para viajantes com crianças. Vocês podem até acampar, se forem mesmo aventureiros.

 

9. Buenos Aires, Argentina. Quer misturar um sabor europeu em seu coquetel sul-americano? Com as suas alamedas de paralelepípedo, arquitetura europeia impressionante, culinária suntuosa e tango (sim, tango!), Buenos Aires conquista os amantes do turismo urbano. Há, ainda, excelentes museus e muita coisa para fazer com os pequenos. De lá, vá para as Cataratas do Iguaçu ou para a Patagônia pelas lindas paisagens e outras atrações.

 

Este artigo foi publicado em Novembro de 2013 e foi atualizado em Novembro de 2014.