Letônia

Todas em Letônia

‹ Anterior

de 2

  1. Baltā Pirts Spa

    (sauna 7Ls) O Baltā Pirts une as técnicas tradicionais de relaxamento letãs (o nome significa “bétula branca”) e sutil decoração oriental. Na década de 1980, a propriedade não tinha muito boa reputação, mas os proprietários recuperaram o prédio e o transformaram num lugar maravilhoso. Pegue um bonde em sentido norte na A
    Čaka até chegar à Tallinas iela.

  2. Casa dos Cabeça Negra

    A turística rua Rātslaukums é lar da Casa dos Cabeças Negras, construída em 1344 como casa de fraternidade para a guilda dos Cabeças Negras, de mercadores alemães solteiros. A casa foi bombardeada em 1941 e demolida pelos soviéticos sete anos depois. Mas, de alguma forma, as plantas originais sobreviveram e uma réplica perfeita foi construída em 2001 para o aniversário de 800 anos de Riga.

  3. Dome Hotel

    (c/ste a partir de 190/280Ls) Mais uma opção no leque de acomodações de alto padrão da Velha Riga, o Dome Hotel ocupa uma construção quase milenar que já fez parte de uma rua de matadouros. Hoje, uma linda escada de madeira leva os hóspedes a vários quartos decorados de forma exclusiva com tetos com beiral, painéis de madeira, móveis estofados e vista para a cidade.

  4. E.A.T. Rīga

    (passeios a partir de 25Ls) Esses passeios a pé ou de bicicleta dão ao visitante a chance de espiar atrás da cortina (de ferro) e ver a “verdadeira Riga”.

  5. Ekes Konventas

    Não confunda com o vizinho Konventa Sēta. O Ekes Konventas tem 600 anos e transpira chame medieval. Leia um livro nas adoráveis alcovas de pedra nos patamares de cada andar. O café da manhã é servido num café moderno no mesmo quarteirão.

  6. Fish Restaurant

    (pratos principais 7-16Ls) O restaurane do Dome Hotel logo lembra aos clientes que Riga é uma cidade banhada pelo Báltico. O serviço é impecável e os pratos são preparados para mostrar a variedade eclética do moderno léxico letão. Não deixe de conferir se estiver disposto a gastar um pouco mais com comida caseira de qualidade.

  7. Grande Guilda

    (Lielā gilde) A fachada neogótica (é do século 19) da Grande Guilda encerra um suntuoso salão de reuniões de comerciantes, construída no auge do poder alemão, na década de 1330. O prédio fica na movimentada praça Livu Laukums, rodeada por uma série de prédios coloridos do século 18 – a maioria dos quais hoje abriga restaurantes e cervejarias.

  8. Hotel Bergs

    (ste a partir de €164) Mansão reformada e decorada à moda escandinava refinada, o Hotel Bergs personifica o termo “luxo” a partir da mistura de linhas definidas, retratos rococó e relevos tribais do saguão a suítes espaçosas repletas de móveis monocromáticos de alta qualidade, dignos de capa de revista. Outros mimos ainda o esperam, como uma trilha sonora para dormir personalizada no CD player do quarto e um suprimento infinito de produtos Acqua Panna. Nosso favorito: o “serviço de travesseiro” permite que o hóspede escolha entre diferentes travesseiros. Não deixe de conferir
    o restaurante do hotel – o cardápio de pratos letões refinados é como uma ode ao paladar e todos os ingredientes são locais.

  9. Latvijas Balzāms

    Popular rede de lojas de bebidas que vende o tradicional Bálsamo Negro letão. Há uma filial na Blaumaņa iela e outra na K Barona iela, e muitas outras espalhadas pela cidade.

  10. LIDO Atpūtas Centrs

    Se a Letônia e a Disney tivessem um filho, ele sem dúvida seria o LIDO Atpūtas Centrs – um enorme palácio de madeira dedicado à cozinha de entupimento das artérias. Garçonetes vestidas como leiteiras bálticas circulam no salão enquanto os clientes apreciam clássicos como língua de porco e sopa fria de beterraba. Pegue o ônibus gratuito na Rātslaukums ou os bonde 3, 7 ou 9 e desça na parada “LIDO”.

  11. Ópera Nacional

    O orgulho da Letônia oferece alguns dos melhores espetáculos da Europa (pela metade do preço de outros países).
    Mikhail Baryshnikov começou sua carreira aqui. As temporadas de balé, ópera e teatro de Riga param durante as férias de verão (entre junho e setembro).

  12. Pienene

    A “Dente-de-Leão” é uma boutique arejada no coração da Velha Riga, onde os visitantes podem provar alguns dos melhores cosméticos artesanais do país. Espere por sabonetes, cachecóis e velas feitas de cera e ervas locais.

  13. Piens

    O Piens é o lugar mais badalado da cidade. Localizado na região de Miera iela, esse híbrido de bar e casa noturna ocupa uma grande área industrial e possui uma mistura brilhante de motivos decorativos – soviético, anos 1950 tipo I Love Lucy e elementos geométricos art nouveau. O vizinho Delisnack – uma adorável importação de Liepāja – significa que aquela viagem à costa leste não é mais necessária para devorar seus tradicionais hambúrgueres curadores de ressaca.

  14. Pulkvedim Neviens Neraksta

    (Ninguém Escreve para o Coronel) Nenhuma noite é chata nessa casa noturna. A atmosfera é “galpão chic”, com música anos 1980 no térreo e trance no segundo andar.

  15. Regro’s (estande de tiro)

    (munição 0,80-2Ls) O ambiente do Rego’s já é moti-vo suficiente para uma visita: trata-se de um encardido antigo abrigo nuclear soviético decorado com pôsteres de mulheres vestidas em biquínis de pele segurando fuzis. Escolha
    entre uma grande seleção de armas retrô (incluindo Kalashnikovs) e mire no seu James Bond de papel. Paga-se por bala. Atravesse para o outro lado do rio pela ponte Vanšu, passe a Kīpsala, entre na primeira à direita e siga até o posto de gasolina. O bonde 13 é uma alternativa. Não esqueça o passaporte.