Manaus

Todas em Manaus

‹ Anterior

de 1

Próxima ›
  1. Boutique Hotel Casa Teatro

    Quartos lindos, mas bem pequenos. Os mais baratos têm banheiro partilhado e beliches ao invés de camas, o que pode fazer você pensar que está em um navio. As suítes são melhores: pequenas, mas graciosas. As áreas comuns incluem duas agradáveis salas de estar e um espaço na cobertura que permite apreciar a casa de ópera.

  2. Encontro das Águas

    Pouco além de Manaus, o quente e escuro rio Negro se derrama na densa frieza do rio Solimões. No entanto, devido à diferença de temperatura, velocidade e, principalmente, densidade (o Solimões transporta oito vezes mais sedimentos que o Negro), as águas não se misturam, fluindo lado a lado por vários quilômetros. O fenômeno bicolor ocorre em toda a Amazônia, mas em nenhum lugar tão drasticamente como ali. É possível enxergá-lo até mesmo do avião, mas se você for se hospedar em algum hotel na selva, seu barco provavelmente passará por esse encontro das águas. Do contrário, programe um dia de viagem com a Amazon Explorers, que combina uma parada ali com uma visita ao Parque Ecológico Janauary.

  3. Hostel Manaus

    O primeiro hostel da cidade ainda é o melhor: associado à HI e administrado por um australiano, oferece conforto, quartos privativos bem arrumados e um pátio na cobertura, com linda vista da cidade. Está um pouco afastado do centro, mas uma operadora de turismo recomendada funciona ali e o dono dá informações sobre passeios à cachoeira São Gabriel, no rio Negro. 

  4. Teatro Amazonas

    Esse lindo teatro remonta ao auge do ciclo da borracha. Foi projetado e decorado por profissionais europeus, que utilizaram muitos materiais importados. Mas a borracha brasileira, extraída da floresta, reveste o acesso à entrada – o objetivo era abafar o ruído das carruagens que chegavam atrasadas para os espetáculos. A programação da casa inclui um excelente festival de ópera em abril e maio. Visitas guiadas apresentam em detalhes o opulento interior do teatro.