Praga

Onde dormir em Praga

‹ Anterior

de 1

Próxima ›
  1. Czech Inn

    O Czech Inn se autodenomina albergue, mas a categoria butique se justificaria. Tudo parece ter sido esculpido por um desenhista industrial da equipe de Ian Schrager, combinando detalhes artesanais, descolados e minimalistas. As acomodações variam de dormitórios padrão de albergue a quartos de casal privativos a bons preços (com ou sem banheiro), e apartamentos com um, dois ou três cômodos. Os apartamentos do quinto andar têm um terraço comum no telhado e podem acomodar até oito pessoas. Uma bancada com computadores com internet no lobby e um excelente bufê de café da manhã no bar completam os encantos.

     

     

     

  2. Hotel Absolutum

    Altamente recomendado, o hotel butique que chama a atenção (sem preços de butique se você conseguir uma oferta no site do hotel) fica em frente da estação de trem e de metrô Nádrazi Holesovice. Embora a vizinhança não seja lá muito bonita, o hotel compensa com uma lista de confortos praticamente inédita para a faixa de preço, incluindo quartos grandes com um design lindo, com tijolo á vista, imensos banheiros modernos, (muitos quartos têm chuveiro e banheira), ar-condicionado, um excelente restaurante do hotel, centro de massagem e bem estar ao lado e estacionamento gratuito. O simpático serviço da recepção tende a dar desconto se você chegar em uma noite meio parada.

     

     

     

  3. Mandarin Oriental

    Um dos hotéis mais badalados de Praga, o Mandarim ocupa o prédio de um mosteiro dominicano do século 17 que foi reformado. O que mais dá o que falar – fora já ter recebido Madonna e o Dalai Lama, entre outros famosos – é o suntuoso spa do hotel, construído dentro de uma capela renascentista com os restos de uma igreja do século 14 preservados sob um piso de vidro, mas os quartos também são bastante especiais; os mais charmosos ficam ao redor dos jardins do antigo claustro. O design de interiores é do mesmo grupo que fez o Burj Al Arab em Dubai.